iZoom 2018

Agência full service: o que é este modelo de agência?

Você já pensou em implementar o modelo full service na sua agência? Leia o nosso post e saiba mais sobre isso!

[fa icon="calendar"] 12/03/2018

O que é uma agência full service?Você sabe quais são os serviços prestados por esse tipo de agência?

Se tem um objetivo que todas as agências de comunicação compartilham é a retenção de clientes. Mas, nem sempre é fácil fazer isso quando você não oferece todos os serviços que eles demandam.

O resultado são estratégias muitas vezes “truncadas” e o cliente acaba tendo que lidar com vários profissionais, que nem sempre trabalham em sintonia, o que pode gerar discrepâncias tanto na imagem e quanto na comunicação da empresa junto ao seu público.

Uma agência full service pode resolver essas questões. Embora o setor de comunicação esteja cada vez mais especializado, esse modelo de agência possui vantagens interessantes e pode ajudar você, como gestor, a ampliar o seu ticket médio e reter de vez os seus clientes. Quer saber mais? Continue a leitura!

 

Mas, afinal, o que é uma agência full service?

Como o próprio nome indica, uma agência full service é aquela capaz de gerenciar todas as estratégias de marketing e de publicidade dos seus clientes, inclusive prestando serviços em vários tipos de mídia, tais como:

  • estratégias online e offline;
  • desenvolvimento de sites;
  • SEO;
  • assessoria de imprensa;
  • rádio/TV/jornais;
  • produção e edição de vídeos;
  • branding;
  • relações públicas;
  • design gráfico;
  • campanhas de e-mail marketing;
  • anúncios on e offline;
  • impressões;
  • criação e curadoria de conteúdo;
  • entre outros.

Assim, podemos entender que esse modelo de agência oferece aos seus clientes um quadro completo de soluções, desenvolvendo trabalhos em praticamente todas as áreas da comunicação, podendo, com isso, atender a uma demanda variada de clientes e de necessidades.

 Nova call-to-action

 

Quais as vantagens de me tornar uma agência full service?

Se você já tem uma agência de comunicação, talvez esteja pensando em agregar novos serviços ao seu portfólio, se transformando em uma agência que presta todos os tipos de serviço. Saiba que, comparado com os outros tipos de agências, esse modelo possui algumas vantagens bem interessantes. Confira algumas adiante.

 

Integração das informações e das campanhas

A sua principal vantagem é a economia (de tempo e de dinheiro) que ela gera para os clientes, além da certeza de que todas as estratégias de comunicação para a marca serão trabalhadas de forma sintonizada.

Quando uma empresa não conta com um serviço completo, pode acabar tendo de lidar com várias agências especializadas em áreas distintas. Assim, muitas vezes, pode se tornar um desafio criar estratégias que sejam convergentes e a marca corre o risco de perder um pouco a identidade.

Além disso, toda essa informação pulverizada pode consumir mais tempo e dinheiro. Além disso, todas as campanhas ficam “sob o mesmo teto”, facilitando o gerenciamento das estratégias e os resultados, reduzindo o tempo gasto e muitas vezes economizando, já que a agência pode oferecer preços mais interessantes, devido ao alto volume de serviço ou aos contratos mais longos.

 

Visão estratégica das marcas

Outra vantagem importante para os clientes é a possibilidade de ter à sua disposição especialistas que contam com uma visão mais estratégica da marca trabalhada. Com uma equipe multidisciplinar e que conhece a empresa agenciada, há maiores chances de novos insights, que realmente fazem diferença, surgirem.

Isso significa que, de forma mais sincronizada, especialistas de áreas distintas (como o profissional de Adwords e o responsável pelos anúncios offline, por exemplo) podem criar campanhas que se complementem e que tragam resultados globais no que diz respeito à penetração da marca, ou ainda, a campanhas específicas.

O resultado é uma marca mais sólida e bem estruturada para os clientes, com maior satisfação e aumento do nível de fidelização para os donos das agências.

 

Aumento do ticket médio por cliente

Há também uma maior possibilidade de reter clientes, fazendo com que eles gastem mais com você do que com os concorrentes.

Se você oferece uma gama maior de serviços, com qualidade e resultados, é muito mais provável que o seu cliente, que já conhece a sua forma de trabalhar e já está com você há algum tempo, permaneça consumindo novos serviços e ampliando a sua receita.

Inclusive, essa solidez financeira permite que você possa negociar preços melhores com os seus clientes, sem que isso interfira no seu lucro. Outra vantagem com a fidelização e a retenção de clientes é a possibilidade de contratos mais longos, dando mais segurança e tranquilidade para o seu financeiro.

Guia com dicas de Gestão Financeira para Publicitários

Entenda os principais conceitos que todo publicitário precisa saber para manter sua agência saudável.


Gestão Financeira

 

 

Como implementar o conceito de full service na minha agência?

Antes de pensar em implementar esse tipo de conceito na sua agência, é preciso destacar que, quando não bem gerido e programado, o full service pode trazer algumas desvantagens que devem ser consideradas, como:

  • responsabilidade integral sobre os erros;
  • times com pouca expertise para lidarem com competência igual em todas as etapas dos processos;
  • baixo comprometimento dos times com as estratégias, devido ao alto volume de serviços;
  • menor contato com outras agências, reduzindo as possibilidades de parcerias benéficas.

Por isso, é muito importante ter bastante cuidado antes de modificar o conceito da sua agência, garantindo que você tenha à sua disposição times realmente qualificados para esses novos serviços, que consigam dar conta da nova demanda.

Assim, alguns pontos primordiais que você deverá analisar antes de implantar esse conceito são:

  • quem compõe a sua cartela de clientes: será que eles estão realmente procurando por uma agência no formato full service? Quanto custaria para captar novos clientes para esse modelo de serviço? Entender as necessidades dos seus clientes e analisar se existe mercado para essa operação é muito importante antes de tomar qualquer decisão;
  • quais os custos relacionados a uma full service: além da captação de clientes, você também deverá analisar com atenção os seus funcionários, pode ser que você tenha que fazer novas contratações, trabalhar com freelancers ou ainda aumentar o pagamento de horas extras. Outro ponto que pode encarecer esse processo é a aquisição de novos equipamentos e até a possibilidade de ampliar o espaço físico da sua agência;
  • mudança progressiva: uma maneira menos “radical” de modificar o seu cenário é ir, aos poucos, disponibilizando novos serviços, medindo o nível de satisfação dos seus clientes e também os resultados alcançados.

Como você pode notar, esse tipo de agência é bem distinto e pode ser muito interessante para uma gama variada de clientes, oferecendo mais comodidade, custos reduzidos, foco e unificação das estratégias.

Porém, antes de modificar as suas operações, é sempre muito importante analisar quem são seus clientes, como está o mercado e, claro, o seu time interno.

Você gostou deste nosso conteúdo sobre agência full service? Quer tornar a sua agência ainda mais lucrativa e a sua gestão bem mais eficiente? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo a atingir seus objetivos!



Viviane Rodrigues

Escrito por Viviane Rodrigues

Graduada em Jornalismo e cursando Marketing, auxilia no marketing do iClips e acredita que o marketing digital tem grande importância na condução de qualquer negócio.


Posts Relacionados

Saiba como aumentar a produtividade da sua agência