mini curso gestão de agências

As Melhores Campanhas de Washington Olivetto

Pegando carona na saída de Washington Olivetto da WMcCann, reunimos algumas de suas mais emblemáticas campanhas publicitárias. Vamos relembrar com a gente?

[fa icon="calendar"] 27/10/2017

Publicitário Washington Olivetto

O publicitário Washington Olivetto acaba de deixar seu cargo de Chairman na McCann

Responsável por inserir o mercado publicitário brasileiro em um patamar internacional, o publicitário Washington Olivetto, anunciou, na última quarta-feira, (25) sua saída da WMcCann. Depois de 7 anos no cargo de Chairman, Olivetto - que mora em Londres desde agosto deste ano - garante que apesar de deixar oficialmente a agência, continua como consultor para o McCann Worldgroup e permanece atendendo aos clientes locais quando solicitado.

A mente por trás de campanhas que perpetuam o imaginário brasileiro, continuará representada na agência pela inicial de seu nome. Apesar de não integrar mais o time da MCCann, o publicitário garante que  o “W” permanecerá compondo o nome da agência. Sinal que a parceria foi mesmo satisfatória.

 

Quais as melhores campanhas de Washington Olivetto?

Pegando carona na notícia que dominou os portais de notícia na última quarta, vamos relembrar alguns de seus trabalhos mais conhecidos. Pronto para ativar a máquina do tempo?



O primeiro sutiã a gente nunca esquece

Tá bom, pode ser que você nunca tenha comprado um sutiã na vida, mas certamente se lembra da clássica propaganda em que a adolescente se entristece por ser a única no vestiário do colégio a não usar um sutiã. Ainda não se lembrou? Mas aposto que se lembra da cena em que a garota, ao chegar em casa, joga a mochila no chão e, ao sentar em sua cama encontra a tão esperada peça de desejo.

Maravilhada com o presente, a menina se admira diante do espelho com seu novo acessório. O comercial, produzido há mais de vinte anos, consegue inserir uma simples peça íntima no imaginário adolescente. É notável que Olivetto acertou ao traduzir a transição da fase de infância para a adolescência de uma forma extremamente delicada. Confira abaixo o comercial na íntegra:

 

O Garoto Bombril

Por mais de 30 anos figurando as campanhas da marca produtora de lã de aço, o Garoto Bombril - eternizado por Carlos Moreno - tornou-se praticamente um membro da família brasileira ao integrar a campanha mais longa da história segundo o Guiness Book. Ao lado de Francesc Petit, Olivetto encabeçou uma série de comerciais da marca (360 no total).

Mais uma vez, o publicitário ajudou a popularizar um produto pouco carismático, mas que dominou a mente dos telespectadores graças ao carisma inigualável do Garoto Bombril. Abaixo você confere alguns comerciais da marca idealizados por Olivetto.

 

Os gordinhos da DDD da Embratel

De volta à década de 1990, mais especificamente quando nos foi dado a opção de escolher por qual operadora faríamos ligações de Discagem Direta à Distância, empresas de telefonia travaram uma verdadeira luta.

A Embratel utilizou a propaganda para sair na frente das concorrentes, colocando três crianças fofinhas com macacões coloridos cantando um jingle daqueles que grudam na mente. Mais uma vez, o publicitário acertou ao inserir rostos carismáticos em uma de suas campanhas. Relembre a seguir a clássica campanha (e tente não ficar com a música na cabeça!)


 

Os casais da Unibanco

Apesar de ser um grande impulsionador da cultura brasileira em suas campanhas, Washington não deixava de se inspirar em fórmulas já existentes lá fora (e que já faziam um grande sucesso). Uma dessas fórmulas pode ser vista no comercial da Unibanco, o qual se inspirava nas séries de comédias dos Estados Unidos - as Sitcoms.

Ao todo, foram 80 peças idealizadas pelo publicitário, chegando ao fim em 2003. Dessa vez, não foi apenas um rosto responsável por tornar a campanha queridinha do público, nomes como Luiz Fernando Guimarães e Débora Bloch deram vida aos casais dos comerciais. Confira abaixo.


 

O cachorro da COFAP

Exibida na década de 1990 a propaganda da COFAP - empresa do setor de peças automotivas - garantiu não só a popularização da marca, mas também a de um cachorro. Como assim? Pois é, o protagonista da campanha se tratava de um simpático cachorrinho da raça Dachshund.

Poderia ser só mais uma ilustre presença de um pet em comerciais, mas Washington conseguiu colocar o bichinho nas situações mais inusitadas: disfarçado de cego e pedindo esmola na rua para trocar os amortecedores do carro da família. O resultado da campanha? Uma grande procura pelo cachorrinho em pet shops de todo o Brasil. Veja abaixo um dos comerciais protagonizados pelo cãozinho.


 

Mas, sabemos que nem só de criatividade sobre vive um publicitário hoje em dia, é preciso muito estudo e dedicação para criar campanhas tão geniais quanto as citadas anteriomente. Pensando nisso, nós te daremos uma mãozinha. Nosso curso totalmente gratuito sobre gestão de agências pode te ajudar a aprimorar ainda mais os seus conhecimentos como gestor. Clique no banner abaixo e aproveite!

 

Clique aqui e acesse o curso de gestão de agências



Viviane Rodrigues

Escrito por Viviane Rodrigues

Graduada em Jornalismo e cursando Marketing, auxilia no marketing do iClips e acredita que o marketing digital tem grande importância na condução de qualquer negócio.


Posts Relacionados

Ebook Modelo Briefing