<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=424994&amp;fmt=gif">
iZoom 2018

Como analisar a produtividade da equipe e tomar as melhores decisões?

Nesse artigo estão dicas importantes para você estabelecer um modelo ideal de gestão do tempo e controle da produtividade. É o que vai embasar suas decisões e direcionar as próximas ações.

[fa icon="calendar"] 29/01/2016

Sua equipe é produtiva?

Tomar decisões assertivas é a chave para qualquer negócio, sobretudo quando se trata de produtividade. 

Ter um time comprometido e dedicado a explorar as oportunidades de negócio da empresa é o objetivo de qualquer gestor. No mercado como o publicitário, em que não se pode perder tempo, mensurar a produtividade dos colaboradores deve ser prática obrigatória, porém também precisa ser ágil.

Como garantir que sua equipe comercial tenha organização suficiente para gerenciar a carteira de clientes de forma funcional? Como identificar se o setor de criação está atrasando em algum processo? E mais, de que forma avaliar o prejuízo que as refações trazem para a agência?

Bom, o modelo ideal de organização proposto precisa ter como referência a ferramenta Timesheet. Ela é responsável por contabilizar as horas trabalhadas de cada funcionário e também é a base de cálculo da margem de lucro dos Jobs. 


Como o gerenciamento funciona na prática?

  • Funcionários registram o tempo de trabalho das atividades;
  • Agência cruza essa informação com o valor/hora desses colaboradores;
  • A partir disso, calcula-se o custo que aquele trabalho gerou;
  • Faça a comparação entre o valor pago pelo cliente com esse referido custo e, assim, veja se sua margem de lucro foi positiva ou negativa.

Essas ações trarão resultados precisos sobre a produtividade de cada colaborador. Dados que você precisa ter antes de avaliar qualquer mudança no fluxo de tarefas.

Guia de Gestão de Agências por Felipe Morais

O autor Felipe Morais pontua alguns tópicos importantes para realizar uma boa gestão em agências como a sua agência neste guia incrível


Gestão de agências

 

Vamos trazer este exemplo para um cenário real

Imagine um Job que demandou a criação de 5 peças. Inicialmente planejou-se a média de 4 horas de trabalho para cada peça. Porém, durante o processo, alterações foram enviadas pelo atendimento, o cliente reprovou alguns layouts e a finalização dos arquivos também atrasou, totalizando 36 horas de trabalho.

Esse cenário aponta que o planejamento inicial de 20 horas não foi cumprido. E aí, vem a necessidade de identificar onde os problemas aconteceram, pois o valor pago pelo cliente considerou somente as horas planejadas. Ou seja, prejuízo à vista!

Agências que fazem a gestão operacional via planilhas de Excel, levarão mais tempo para conseguir resultados tão precisos sobre a produtividade. Isso faz com que gestores não identifiquem margens de lucro negativas e, na ilusão de atender um cliente grande, trabalham no “achismo” de que aquela conta é rentável. E muitas vezes não é.

 

Conclusão

Para uma tomada de decisão segura é preciso ter dados qualitativos sobre o negócio.  E mesmo que sua agência ainda não tenha implementado um sistema de gestão, é possível organizar o fluxo de trabalho interno de maneira simples e acessível.

Para ajudar sua agência nesse processo, nossa equipe criou um modelo de tráfego gratuito, pensado especialmente para quem busca uma maior otimização do fluxo de jobs. Faça o download neste link e aproveite!



Maria Alice Barreto

Escrito por Maria Alice Barreto

Formada em Comunicação Social, desenvolve atividades relacionadas ao marketing digital e à produção de conteúdo das nossas diversas plataformas.


Posts Relacionados

Saiba como aumentar a produtividade da sua agência