mini curso gestão de agências

O Faturamento Líquido de sua Agência está Positivo?

Quando não há um controle detalhado sobre o volume de horas trabalhadas para um cliente, fica difícil saber se o custo final repassado à ele faz com que aquela conta valha à pena. Saiba como chegar nessas respostas de um jeito rápido e fácil!

[fa icon="calendar"] 20/01/2016

O Faturamento Líquido de sua Agência está Positivo?
Para um bom faturamento, utilizar uma ferramenta específica para o seu cálculo é fundamental.

No cenário econômico do mercado publicitário, os bons faturamentos são resultantes, geralmente, de formidáveis contratos de Fee Mensal (mensalidade paga pelo cliente à agência por um pacote de serviços).

No entanto, é importante entender o que resulta realmente em um bom faturamento líquidoPor que como visto neste artigo aqui, muitas vezes um cliente com um Fee Mensal aparentemente bom, devido ao envio constante de demandas, não facultam uma boa margem de lucro para a agência.

Devido a esta circunstância, é preciso utilizar ferramentas, como o Timesheet, que possibilitem o cálculo preciso das margens de lucratividade e qual é a participação de cada cliente sob o total do faturamento da agência de propaganda. 

Com esses dados em mãos, a tomada de decisões serão norteadas com maior precisão e a saúde financeira de sua empresa estará assegurada.

 

Qual a diferença entre o Faturamento Líquido e o Bruto?

 

Quando percebido que a grande maioria das empresas fecham suas portas no primeiro ano de funcionamento, a relação do fato ao desconhecimentos dos seus gestores acerca de administração, economia e contabilidade é realizada. Diante da situação, entende-se a importância de compreender conceitos básicos como a diferença entre faturamento líquido e faturamento bruto. 

Faturamento Bruto:

Suponha que a sua agência atende demandas das contas A, B e C e que seu fee mensal neste mês foi de R$5000 para cada cliente deste. Considere que, hipoteticamente, nesta transação você terá um desconto de imposto de 18%. Logo, o cálculo do faturamento líquido esquematicamente será:

5.000 x 3 = 15.000

Faturamento Líquido:

Contudo, o faturamento bruto não irá considerar no montante este imposto. Isso significa que você terá o faturamento bruto menos a porcentagem de impostos e custos adicionais. Resultando em:

15.000 - 18% = 12.300

 

Como otimizar a Mensuração dos Custos para estabelecer o Faturamento?

Para otimizar a geração de dados para estabelecer o faturamento da agência, o gestor precisa ter em mãos ferramentas que tragam respostas qualitativas e quantitativas sobre as despesas geradas e a distribuição das horas entre departamentos da agência e colaboradores, como a ferramenta Timesheet, que calcula de forma otimizada o custo por hora de cada colaborador da agência.

Além da precificação da hora de trabalho dos colaboradores da agência, é preciso planejar essas horas. A partir desde planejamento, uma estimativa sobre os custos operacionais da agência será gerada.

Essa avaliação norteará a tomada de decisão por parte dos gestores sobre os valores cobrados para Fee Mensal, o mínimo de BV exigido para compensar as horas de trabalho realizadas pelos colaboradores e a margem de lucro potencial da agência. 

Guia com dicas de Gestão Financeira para Publicitários

Entenda os principais conceitos que todo publicitário precisa saber para manter sua agência saudável.


Um bom faturamento líquido depende, sobretudo, de uma boa gestão financeira.

 

Mensuração de Resultados

Para entender de forma sistêmica e organizada, é imprescindível trabalhar com as porcentagens que cada custo procede no Job. (Lucratividade: Como calcular o lucro da sua agência?). A situação ideal é que haja um alinhamento entre o custo operacional e a margem de lucro a ser obtida antes de definir um Fee Mensal de um determinado cliente. Além disso, é preciso reavaliar a carteira de clientes da agência e verificar se, de acordo com as horas trabalhadas, há algum prejuízo em determinada conta.

Pensando que o cenário é competitivo e muitas vezes as agências de publicidade precisam imergir em uma competição acirrada com outras agências para angariar um cliente, é possível entender que os Fee's Mensais são baixos.

No entanto, é imprescindível que, ao firmar um contrato com um cliente de baixa receita, o gestor estabeleça um limite de serviços prestados para compensar o custo operacional e manter a margem de lucro objetivada.

Caso exista algum cliente que questione o valor do Fee, não hesite em apresentar um relatório detalhado com os custos operacionais dos jobs cobertos pelo pacote de serviços.

Para aprimorar a tabulação de dados para uma melhor gestão financeira, faça o download do e-book "Gestão de Comissões" e entenda como controlar o fluxo de caixa em sua agência de propaganda. Para fazer o download, clique no banner a seguir.

Nova chamada à ação



Maria Eduarda Paschoal

Escrito por Maria Eduarda Paschoal

Graduada em Publicidade e Propaganda e completamente apaixonada pela área que atua. Sua brincadeira de criança era criar conteúdos para seus flogs e blogs. Hoje, trabalha como Supervisora de Marketing na iClips e é apaixonada em como emprega suas horas laborais. Marketing – principalmente o digital - é uma das suas maiores paixões.


Posts Relacionados

Ebook Modelo Briefing