mini curso gestão de agências

Gestão de contratos: O risco de ter poucos, mas grandes clientes!

Quando você conhece bem o seu negócio, fica fácil avaliar qual o nível de dependência que determinado cliente exerce sobre o faturamento da agência e assim, tomar as devidas precauções.

[fa icon="calendar"] 25/01/2016

gestao-de-contratos

O ‘bla bla bla’ sobre a crise já está, há algum tempo, entranhado em todos os seguimentos do mercado, inclusive no publicitário! E se tem uma coisa que está deixando as agências, no mínimo apreensivas, é a perda de clientes.

 

É aí que entram as particularidades de uma boa gestão. Quando você conhece bem o seu negócio, fica fácil avaliar qual o nível de dependência que determinado cliente exerce sobre o faturamento da agência e assim, tomar as devidas precauções.

 

O ideal é sempre fugir disso, pois concentrar as receitas da agência em um único cliente é, sem dúvidas, uma gestão de risco. Mas, se este já é o cenário atual da sua empresa, é hora de reavaliar métricas, redefinir prioridades e sair da corda bamba. Afinal, se por algum motivo (tendo ou não relação com a crise), este cliente ‘te der Tchau’, sua agência não poderá ir embora junto com ele!

 

Abrir a carteira de clientes, pode ser a solução, mas estamos em crise não é? Então, será que vai ser fácil vender, vender e vender?

Bom, a melhor forma de segurar as rédeas do negócio é conhecer cada cliente e o que ele representa para a empresa. Seja no total de receitas, no volume de horas trabalhadas ou até mesmo nos valores de comissão que eles trazem.

 

E para isso, a dica é a elaboração de um Ranking de Clientes completo e detalhado, que permita avaliar o posicionamento dos seus melhores clientes, e que também aponte os piores. Já que estamos falando de crise, não vale a pena manter uma conta que está gerando pouca (ou nenhuma) lucratividade, não é mesmo?

 

Bom, como você vê, nenhuma decisão pode ser tomada se você não conhecer a fundo o seu negócio! Avaliar se o Job está se pagando, se um prejuízo aqui foi compensado lá, se a baixa nas comissões é constante, entre outras, são análises que você PRECISA fazer. É isso que vai embasar suas decisões gerenciais e conduzir sua empresa no rumo certo.


Lembrando que esse nível de informação, você dificilmente conseguirá se sua gestão ainda estiver detalhada em planilhas. Por isso, trazer para sua Agência o Business Intelligence (sistematizando processos) é o que vai diferenciá-la das demais.

Nova chamada à ação

 



Maria Alice Barreto

Escrito por Maria Alice Barreto

Formada em Comunicação Social, desenvolve atividades relacionadas ao marketing digital e à produção de conteúdo das nossas diversas plataformas.


Posts Relacionados

Ebook Modelo Briefing