mini curso gestão de agências

Como calcular o lucro de serviço e usar relatórios de lucratividade?

Saber se determinado contrato de Fee Mensal está valendo a pena ou até mesmo se o valor da hora do seu funcionário está de acordo com o preço repassado ao seu cliente são métricas imprescindíveis para que você saiba conduzir seu negócio.

[fa icon="calendar"] 06/12/2017

Como calcular a lucratividade da sua agência?

Quanto maior for o cuidado ao calcular a lucro da agência, maior segurança você terá.

Ampla concorrênica, necessidade de contratação de mão-de-obra qualificada e segmentos distintos para explorar... Com tantos fatores para se preocupar, compreender como calcular o lucro da agência é uma necessidade.

Afinal, como assimilar se o valor por hora de seu funcionário compensa pelo trabalho que ele exerce? Como entender se um fee mensal paga seus custos e angaria uma margem de lucro interessante? No artigo de hoje você confere as respostas para essas perguntas.

 

Como calcular a margem de lucro?

Uma das ações mais importantes para manter a rentabilidade de uma empresa é o ato de calcular a margem de lucro. O lucro é a diferença entre a receita conquistada através dos fee's mensais e BV's obtidos pela agência e custos para a produção do trabalho. Isso signifca que esquematicamente, temos:

Lucro Bruto = Faturamento - Custos de Produção

 

Em efeitos práticos, se de um determinado cliente é cobrado um fee mensal de R$20.000 e se a hora por trabalho dos colaboradores envolvidos nos jobs da conta gira em torno de R$60/hora, isso significa que, com uma jornada de 8 horas por dia de seus colaboradores, em um mês com 22 dias úteis, o seu custo é de R$10.560.

Logo, o seu lucro foi de aproximadamente de 50%. No entanto, se houver um dissídio obrigatório e um aumento adicional na hora de seus colaboradores para R$90/hora, o seu custo resultará em R$15.840 e o seu lucro resultará em menos de R$5.000. 

Mas um detalhe você não pode esquecer: faça um cálculo correto do valor/hora da sua equipe!

 

Como calcular o lucro de serviço?

Cada gestor tem sua forma de conduzir a empresa. Alguns optam por gerar um valor/hora da empresa como um todo, outros dão a cada colaborador uma margem diferente. Não existe certo e errado, a escolha dependerá do cenário da sua empresa e se esse modelo está oferecendo saúde financeira para a empresa. Mas, é preciso ficar atento para não cometer determinados erros muito comuns praticados por muitos gestoresVamos usar como exemplo o departamento de criação de uma agência de publicidade:

Se você tem – numa mesma equipe – funcionários de perfil sênior e estagiários, cujos salários são diferentes, o ideal é que cada um tenha um valor/hora compatível com seu perfil.

O impacto em unificar esse custo é não conseguir mensurar se determinado Job (cujo criativo sênior não participou) teve realmente aquela despesa operacional. O resultado final, seria uma análise de margem de faturamento defasada, concorda? 

Mas se a equipe for linear, com salários e perfis de criativos similares entre si, pode-se calcular um valor/hora como referência para o departamento e promover uma gestão segura.

Em relação aos indicadores usados como base de cálculo, pode-se:

  • ratear o salário pelas horas de trabalho do mês;
  • incluir os custos deste profissional na folha de pagamento da agência;
  • ter como base de referência para definir o valor/hora pode ser a tabela do Sindicato das agências.
  • incluir as despesas operacionais com maquinário, energia, internet, telefone, insumos, etc. 

Quanto maior for o cuidado na hora desse cálculo, maior será a sua segurança gerencial. Converse com seu contador, peça auxílio de um consultor financeiro e faça um levantamento de dados seguro. 

 

Guia com dicas de Gestão Financeira para Publicitários

Entenda os principais conceitos que todo publicitário precisa saber para manter sua agência saudável.


Gestão Financeira para Publicitários: Entenda como funciona.

 

Relatórios de Lucratividade: como analisar a margem de lucro através de relatórios?

Agora que você já entendeu como calcular a lucratividade da sua empresa, é hora de descobrir quais são as os relatórios de lucratividade necessários para efetuar uma análise assertiva.

No setor financeiro, esse tipo de relatório auxilia os profissionais a analisarem as causas de possíveis desequilíbrios financeiros para que estes possam ser prontamente corrigidos. Abaixo listamos alguns relatórios no que tange a análise de margem de lucratividade. É muito importante acompanhar os relatórios:

 

De Clientes mais Rentáveis

Entender quais clientes são rentáveis para a empresa pode ser uma tarefa complexa quando ferramentas capazes de oferecer esses dados não são utilizadas.

Como a maioria das agências de publicidade, por exemplo, baseiam seus valores no cálculo de horas de trabalho, relatórios como os de Ranking de Clientes, inseridos em ferramentas de Business Intelligence, são essenciais quando se busca obter informações sobre o índice de lucratividade com base no retorno que os clientes proporcionam. Quer ver como funciona na prática? Solicite uma senha de teste e veja a diferença!

A partir das informações conferidas no relatório, é possível visualizar de forma abrangente quais os clientes que mais trazem faturamento para agência e quais são os menos lucrativos.

Mas atenção, de nada adianta ter clientes que tragam um alto volume de receita para a agência se estes consomem tempo excessivo de trabalho. Lembre-se: tempo dos funcionários é valor de hora contabilizada em custos para a empresa, a sua empresa paga por isso! 

Sendo assim, para usufruir do que a ferramenta oferece em sua totalidade é essencial confrontar as informações obtidas com a quantidade de horas que a agência trabalhou para os clientes listados no Ranking. Desta forma, fica fácil analisar se o seu faturamento é justificável em relação ao tempo despendido na confecção das tarefas.

Para que o processo seja assertivo, é fundamental efetuar um controle de custo de mão de obra baseado nas horas trabalhadas através do Timesheet. Desta forma, tanto as análises de produtividade, quanto a verificação da margem de lucro dos seus Jobs serão devidamente registradas de modo a cercear a agência na análise de lucratividade. 


De pagamento de jobs e serviços

Tão importante quanto saber quais são os clientes mais e menos rentáveis é ter um controle de valores a receber e a pagar. Através do relatório de Situação de Pagamento de Jobs é possível ter uma visão de valores pagos pelo cliente, se há pagamentos em atraso e se as contas vinculadas a um determinado job foram quitadas.

Desta forma, na medida em que os lançamentos são efetuados pelo departamento financeiro, o próprio sistema gera alertas que mostram o que a agência tem a receber de clientes inadimplentes e de contas a pagar.

Ao contrário do Ranking de Clientes, este relatório é voltado para a situação de pagamento referente aos jobs, impactando diretamente no fluxo de caixa e nas projeções de recebimento referente a um determinado período.

Portanto, quando não há um controle desse processo as chances de haver esquecimentos de cobrança desses valores são enormes.

 

De comissões recebidas por fornecedor

Muito utilizado por agências offline com altas demandas de terceiros, sejam elas gráficas ou relacionadas à mídia, o Relatório de Comissões por Fornecedor fornece uma visão ampla do que foi recebido através da parceria com a outra empresa parceira.

Sendo assim, de acordo com os lançamentos financeiros realizados pela agência acoplados ao sistema de gestão - caso seja utilizado - é possível visualizar quais comissões foram pagas pelo fornecedor e quais a agência ainda tem a receber.

Tais informações contribuem para que a agência não se perca, e evidenciam ainda, o peso que esses valores terão no faturamento total.

Para que as informações sejam geradas corretamente, a agência precisa fazer os lançamentos no fluxo financeiro regularmente. Apenas dessa forma é possível efetuar um controle eficiente de todos os valores relacionados a comissões por fornecedores.

 

De fechamentos de Job e clientes

Você saberia responder se o primeiro trimestre de 2017 foi um período lucrativo para a sua empresa? Caso a sua resposta seja negativa, é provável que o controle comparativo de fechamentos de jobs e clientes não esteja sendo feito, pelo menos não da forma correta.

Através do Relatório de Fechamentos de Jobs e Clientes a agência consegue realizar comparativos anuais e trimestrais, garantindo um panorama geral de toda a receita que circula na agência.

Com o objetivo de fornecer informações confiáveis para que o gestor entenda se houve problemas de receita na agência, a ferramenta é ideal para realçar pontos de melhoria para o próximo ano.

Além disso, a partir de relatórios de custos internos de faturamento e de comissão, o relatório é capaz de fornecer informações que mostram ao gestor se a agência obteve crescimento ou queda de receita.

Outra vantagem está na possibilidade de análise de situações específicas, como por exemplo a análise de informações referentes à sazonalidade. Por exemplo, se a agência presta serviços para clientes cujos produtos se limitam a artigos natalinos, os momentos de baixa na lucratividade podem ser justificados e convertidos em campanhas a fim de reverter a situação.

 

Saiba mais sobre Gestão Financeira em Agências de Publicidade

É possível observar que publicitários e gestores de agência de propaganda enfrentam grandes dificuldades na gestão financeira de suas empresas. E se você quer entender como aperfeiçoar seus processos no departamento financeiro em sua agência, faça o download do nosso eBook "Gestão de Comissões". Para baixar, basta clicar no banner a seguir.

Nova chamada à ação



Maria Eduarda Paschoal

Escrito por Maria Eduarda Paschoal

Graduada em Publicidade e Propaganda e completamente apaixonada pela área que atua. Sua brincadeira de criança era criar conteúdos para seus flogs e blogs. Hoje, trabalha como Supervisora de Marketing na iClips e é apaixonada em como emprega suas horas laborais. Marketing – principalmente o digital - é uma das suas maiores paixões.


Posts Relacionados

Ebook Modelo Briefing