mini curso gestão de agências

O que é business intelligence e como utilizá-lo em minha agência?

Sistemas de Business Intelligence podem ser empregados em agências de publicidade a fim de automatizar as atividades e criar relatórios gerenciais. Continue lendo e confira outros benefícios dessa ferramenta para sua agência!

[fa icon="calendar"] 25/09/2017

O que é Business Intelligence e como utilizá-lo em minha agência

Você sabe o que é Business Intelligence? Ou melhor, você já o utiliza na rotina de sua agência?

Nas últimas décadas, passamos por muitas mudanças na forma como nos comunicamos e consumimos produtos, serviços e conteúdos. Graças ao avanço dos dispositivos móveis e à expansão do acesso à web, as interações humanas estão mais dinâmicas e com menos limitações.

Nesse cenário, as agências têm que lidar com um volume de dados crescente para otimizarem campanhas e estratégias. Para isso, é vital saber o que é Business Intelligence (BI) e como ele pode ser útil no foco do negócio.

Isso porque o grande contingente de informações é capaz de desviar a atenção da agência do que importa para coisas irrelevantes do dia a dia, prejudicando decisões, operações e os processos internos. Quer saber como evitar esse fator com o uso do BI? Continue lendo e descubra!

O que é Business Intelligence?

O conceito de Business Intelligence (Inteligência de Negócios) envolve a transformação de dados brutos em informações importantes e estratégicas para uma empresa.

Como o ritmo de produção de dados nas corporações têm crescido, é importante contar com uma ferramenta que consiga unir, processar e extrair conteúdos úteis do meio deles para os gestores.

Para resolver isso, aumentando o poder desses dados, é preciso contar com um sistema de Business Intelligence, pois ele coleta, organiza e analisa essas informações, entregando-as de forma otimizada para os tomadores de decisão.

Como utilizá-lo para agências de publicidade?

O BI pode ser empregado em sua agência de publicidade para a obtenção de dados mais precisos e organizados, que permitam entender os perfis dos seus clientes, além de tendências e previsões do seu segmento. Também ajuda na automatização de atividades, como a criação de relatórios gerenciais, e na separação de informações úteis daquelas que não acrescentam para o negócio.

Guia de Gestão de Agências por Felipe Morais

O autor Felipe Morais pontua alguns tópicos importantes para realizar uma boa gestão em agências como a sua agência neste guia incrível


Dicas de Gestão de Agências

Por exemplo, na sua agência de publicidade você poderá ter computadores, notebooks, tablets e outros equipamentos que contenham informações sobre seus clientes.

Contudo, elas poderão estar desestruturadas, desorganizadas e distribuídas em diferentes locais e linguagens até mesmo dentro dos dispositivos. Por conta disso, nem sempre serão úteis para que seus colaboradores analisem processos e outras nuances do negócio, como a jornada de compras do consumidor. Basicamente, a extração de valor desses conteúdos é baixa.

Além disso, uma ferramenta de BI pode ser integrada com um sistema de gestão, potencializando os seus resultados e sua eficiência. Dessa forma, atividades como planejamento, criação e outras podem ser otimizadas.

Para entender melhor os seus usos, veja quais benefícios o BI pode trazer ao seu negócio.

Quais são os seus benefícios?

Diminuição de custos

O emprego de uma solução de BI pode ajudar a reduzir custos dentro do negócio, já que elimina a perda de tempo em análises infrutíferas sobre dados que não acrescentam em nada à operação e à gestão da agência. Além disso, graças às informações mais precisas sobre a atividade principal da empresa, as tomadas de decisões são mais bem-embasadas, minimizando possibilidades de erros que gerem gastos e prejuízos.

Obtenção e customização de relatórios e indicadores

Sistemas de BI produzem indicadores de desempenho e outras métricas sobre processos e rotinas, possibilitando a mensuração adequada de seus desempenhos e resultados. Com base nesses dados, dá para se planejar e organizar fluxos de trabalho mais eficientes, além de reestruturar os existentes que não atendem às expectativas da agência.

Além deles, você terá acesso a estatísticas, gráficos, cálculos, entre outros instrumentos que colaboram para a obtenção de índices sobre distintos aspectos do negócio. Isso tudo pode ser organizado na forma de relatórios de gestão, que também podem ser customizados conforme as necessidades e os indicadores utilizados pela agência.

Melhora na tomada de decisões

Graças à produção de relatórios otimizados que contenham conteúdos estratégicos, os gestores terão base para tomarem decisões com maiores chances de acertos. Consequentemente, poderão impulsionar o crescimento da empresa e até ajustarem decisões conforma a agência ganha escala.

O emprego de BI em conjunto com uma solução de Big Data ainda é capaz de colaborar na definição de múltiplos cenários para as campanhas. Desse modo, dá para verificar em quais deles poderá haver melhores resultados, além de descobrir o contexto em que o público desejado é atingido. Também ajuda na escolha dos tipos de mídia para se usar, na criação das peças publicitárias etc.

Otimização de processos

Outro benefício é o ganho de velocidade nos processos e rotinas da agência, uma vez que tanto gestores quanto colaboradores param de agir de acordo com medidas de tentativa e erro. Suas atitudes passam a ser mais objetivas e eficientes.

Isso eleva a produtividade e a entrega de resultados, impactando positivamente em todas os setores da organização.

Além disso, a própria automatização de algumas ações torna os processos mais ágeis e dinâmicos.

 

 

Visualização de tendências no segmento da agência

Um sistema de BI usa bancos de dados comerciais e de marketing a fim de verificar históricos de compras e orçamentos. Também observa questões financeiras, como recebimentos e pagamentos, bem como informações sobre comportamento de consumidores para fazer previsões.

 

  • eBook Gratuito: O que todo publicitário deve saber sobre Gestão Financeira. BAIXE AGORA!

 

Quando essas são empregadas junto a pesquisas de mercado, os resultados auxiliam a agência a mapear cenários e tendências e até a descobrir oportunidades novas de negócios.

Por exemplo, devido ao melhor processamento de dados, torna-se mais fácil prever demandas de consumo ou modas que possam auxiliar na criação de campanhas.

Maior conhecimento do público-alvo

Uma ferramenta de BI também pode ser usada a fim de fazer uma avaliação comportamental dos clientes com mais acerto e propriedade. Ela possibilita realizar testes hipotéticos e assegurar que as ações sigam os parâmetros do negócio estabelecidos pelo cliente, inclusive dando suporte para a mensuração do retorno adquirido.

A análise, o processamento e o cruzamento de dados gerenciais permite que o gestor controle a quantidade de horas vendidas ao cliente, bem como analisar concorrentes e prospectar potenciais consumidores. Basicamente, facilita o entendimento e a gestão da jornada do consumidor.

Como visto, o Business Intelligence colabora para uma visão geral dos negócios, porém excluindo detalhes que em nada acrescentam às suas atividades. Dessa forma, os dados se tornam mais precisos, servindo para a tomada de decisão mais efetiva dentro da organização.

Agora que você já sabe o que é Business Intelligence, que tal ficar por dentro de mais conteúdos úteis para a sua agência de publicidade? Confira nosso mini curso sobre gestão de agências com um módulo especial sobre Business Intelligence. Clique no banner abaixo para começar agora. É totalmente gratuito e online, aproveite!

Clique aqui e acesse o curso de gestão de agências



Viviane Rodrigues

Escrito por Viviane Rodrigues

Graduada em Jornalismo e cursando Marketing, auxilia no marketing do iClips e acredita que o marketing digital tem grande importância na condução de qualquer negócio.


Posts Relacionados

Ebook Modelo Briefing