mini curso gestão de agências

Sistema ERP: O que é?

Não é segredo que o mercado está cada vez mais competitivo, não é mesmo? Mas, acredite, um Sistema ERP pode otimizar muito a rotina organizacional de uma empresa. Entenda agora o que é um Sistema ERP!

[fa icon="calendar"] 20/06/2017

O que é Sistema ERP

Sistemas automatizados de organização do trabalho já são considerados itens obrigatórios se uma empresa busca produtividade e agilidade na entrega dos serviços. Se as demandas estão cada vez maiores, nada mais construtivo para seu crescimento do que utilizar softwares e plataformas que visam integrar toda a equipe. Lembre-se, se um fluxo organizacional é proativo, sua eficiência se reflete amplamente na qualidade do trabalho final, não é mesmo?  

E se ficou mais fácil tornar a rotina de uma empresa mais produtiva, não adotar métodos capazes de organizar suas operações diárias, é sinônimo de uma visão ultrapassada, e que não ajuda em nada no crescimento do seu negócio. 

Um desses sistemas é o ERP, e é sobre ele que vamos falar hoje. Acompanhe o artigo e saiba do que se trata a ferramenta, e como ela se tornou a mais utilizada por empresas que projetam um crescimento acelerado!

 

 

O que é ERP?

A busca por métodos eficientes de controle das informações corporativas não é um fato inédito. Disso nós já sabemos. Mas a quais recursos as empresas costumavam recorrer quando buscavam integrar e gerenciar melhor os seus dados?

Voltando algumas décadas, mais especificamente aos anos 50, quando florescia o American Way Of Life (ou Estilo de Vida Americano), a competitividade gritava aos ouvidos dos gestores de grandes empresas. Desta forma, buscar métodos que tornassem mais eficazes a rotina dessas empresas era essencial para manter o controle de processos, e assim definir melhores estratégias para obter destaque em meio a tantos concorrentes.

Desta forma, surgiram as primeiras ferramentas capazes de simplificar e integrar os processos operacionais, uma delas trata-se justamente do Planejamento de Recursos da Empresa. 

Sistema ERP em tradução literal, Planejamento de Recursos da Empresa, é um método responsável por cuidar de um conjunto de tarefas desempenhadas por determinada empresa. Esse "conjunto" de atividades é diretamente atribuído a todos os departamentos  e seus respectivos colaboradores, e pode ser otimizado com o auxílio de softwares específicos para executar todo o trabalho de forma otimizada.

 

 

Como funciona na prática?

Na prática, esse método cuida de todo o trabalho administrativo e operacional, e abarca desde o seu fluxo de caixa, passando pela administração de pessoal, contas a receber, até o gerenciamento do ponto dos funcionários.

Além de armazenar informações relacionadas aos altos fluxos de jobs, é possível, a partir do registro dessas informações, analisar dados referentes aos produtos mais vendidos, até mesmo compreender quais são os clientes mais rentáveis. 

Quando se trata de promover a integração entre departamentos, é comum utilizar softwares otimizados que visam analisar os dados com mais precisão, já que os departamentos conseguem acompanhar as informações referentes aos demais setores e relacioná-las entre si, o que torna a relação entre eles muito mais funcional (e também evita que informações importantes sejam perdidas!)

Guia de Gestão de Agências por Felipe Morais

O autor Felipe Morais pontua alguns tópicos importantes para realizar uma boa gestão em agências como a sua agência neste guia incrível


Dicas de Gesão de Agências

 

Quais os seus benefícios?

Nos parágrafos anteriores já demos uma prévia de algumas vantagens que um método como este pode proporcionar para a sua empresa ou agência. Mas seus benefícios vão mais além, e têm consequências positivas em toda a estrutura organizacional. Confira alguns benefícios abaixo:

  • Inviabiliza a perda de informações:  Se os setores estão interligados e as informações caminham por cada um deles, a possibilidade de perda de informações e procedimentos é quase nula;
  • Redução de tempo na execução de tarefas: Já demos uma prévia de como a rotina operacional pode se tornar mais produtiva quando otimizamos os métodos com os quais trabalhamos diariamente, mas nunca é demais ressaltar o quanto as horas gastas para executar atividades complexas podem ser otimizadas, como por exemplo, uma ferramenta ERP pode contribuir consideravelmente para a redução do tempo de ciclo de ordens ou até fechamentos contábeis e financeiros. 
  • Aumento de produtividade: A falta de produtividade é uma das queixas mais recorrentes em qualquer empresa (sobretudo nas agências criativas). Constantemente nos deparamos com métodos infalíveis que prometem aumentar a produtividade dos colaboradores, mas será que eles funcionam na prática? Melhor não arriscar, não é mesmo? Contar com um sistema automatizado é a chave para garantir que uma boa produtividade, livre de desperdício de tempo e informações perdidas. 

 

Sistemas ERP em agências: Por que adotar um? 

Depois de compreender o seu significado e quais seus principais benefícios, é hora de entender a importância da sua agência adotar um sistema organizacional automatizado para a vida toda.

Se nas empresas em geral a falta de produtividade atua como um obstáculo na busca por uma rotina operacional eficiente, imagine então em agências criativas? Bem, se você administra uma agência isso definitivamente não é uma novidade, certo?

Com deadlines curtos e altas demandas de jobs  é quase impossível efetuar atividades do dia a dia sem uma ferramenta estratégica. Afinal, uma agência não se resume apenas na criação, são resultados e mais resultados passíveis de análise estratégica, que devem estar em concordância com os objetivos definidos previamente. E se os setores não estão alinhados, é bem provável que os resultados (tanto os relacionados aos clientes quanto à agência)  fiquem comprometidos.

Além disso, quando bem implementado, um sistema estratégico proporciona a coordenação de diferentes status para a mesma peça, possibilitando o controle minucioso dos prazos para cada etapa do processo criativo (revisão, arte final, alterações, etc).

Outro ponto importante de ser mencionado, é a facilidade de visualizar quais funcionários estão com brechas na agenda, evitando que processos relativamente simples levem mais tempo para serem executados.

Escolha o sistema que mais se adapta à sua agência!

Mais do que investir em um sistema organizacional, é fundamental que você converse com sua equipe e decidam juntos qual método se encaixa melhor ao fluxo de trabalho da sua agência. Do contrário, implementar uma ferramenta apenas para se "adequar" ao meio, só vai trazer dores de cabeça futuramente. E sabemos que você não quer isso, não é mesmo? 

Enquanto isso, que tal aprender um pouco mais sobre gestão de agências com nosso mini curso? É online e 100% gratuito. Aproveite, é só clicar na imagem!

Clique aqui e acesse o curso de gestão de agências

 



Viviane Rodrigues

Escrito por Viviane Rodrigues

Graduada em Jornalismo e cursando Marketing, auxilia no marketing do iClips e acredita que o marketing digital tem grande importância na condução de qualquer negócio.


Posts Relacionados

Ebook Modelo Briefing