27
jun

7 dicas essenciais para promover a formação de líderes na agência

Que tal ler algumas dicas para promover a liderança na sua agência? A iClips selecionou 7 dicas essenciais para quem tem interesse na formação de líderes no ambiente de trabalho. Confira!

A formação de líderes é essencial para a agência ter bons resultados. Se você precisa de dicas para desenvolver liderança na sua equipe, leia o post!

Agências que investem na formação de líderes sabem da importância de trabalhar com equipes competentes e pessoas comprometidas. Os benefícios percebidos por quem desenvolve pessoas no ambiente de trabalho são muitos, como o aumento da motivação, produtividade e retenção dos colaboradores.

Porém, para formar bons líderes não basta realizar treinamentos ou cursos. É preciso que toda a gestão esteja envolvida e preparada.

Neste post você vai conhecer 7 dicas valiosas para incentivar a liderança em seu negócio. Confira!

1. Valorização da equipe interna

Proporcionar oportunidades para novos desafios e posições de liderança para quem já é funcionário é uma atitude que incentiva equipes corporativas.

A aposta em colaboradores que fazem parte do quadro da empresa facilita o desenvolvimento de líderes, pois eles já estão adaptados à cultura organizacional. Novos funcionários precisam de um tempo para conhecer e assimilar as diretrizes.

Outra vantagem de valorizar colaboradores internos é que eles conhecem os colegas e são motivados pelo reconhecimento. Além disso, a possibilidade de crescer profissionalmente dentro do negócio é percebida pelos funcionários, fato que auxilia na retenção de talentos.

Prestar atenção ao perfil e às competências de cada pessoa é uma estratégia para identificar e desenvolver bons líderes. Assim, é possível mapear habilidades, características da personalidade e até mesmo considerar a trajetória deles na empresa.

Análise de matriz SWOT: Seja um mestre na pesquisa de mercado!

Com a matriz SWOT você consegue identificar as forças e fraquezas daos seus clientes e as oportunidades e ameaças externas

2. Desenvolvimento de competências

Técnica e habilidades são competências que devem ser desenvolvidas. É difícil encontrar um colaborador que esteja pronto. Isso porque cada agência tem realidade, políticas e objetivos diferentes.

Quando um novo colaborador ingressa na equipe — por mais capacidade técnica que ele tenha — é fundamental que ele desenvolva habilidades como relacionamento interpessoal.

Da mesma forma, um profissional habilidoso em lidar com os demais colegas deve entregar atividades técnicas bem executadas.

Para promover a liderança na equipe é importante identificar o que deve ser desenvolvido em cada profissional e traçar um plano de ação para que ele atinja as metas estabelecidas.

O investimento em treinamentos para qualificar a equipe também é necessário e deve ser apontado no planejamento anual da empresa. É prudente considerar um orçamento para esse fim, de modo a garantir o aperfeiçoamento dos funcionários.

Além das ações para que o colaborador se desenvolva, é fundamental monitorar o andamento das tarefas e a evolução dele como profissional.

3. Incentivo ao trabalho em equipe

gestão que incentiva atividades em equipe tem melhores resultados na formação de seus líderes. A prática promove a comunicação entre as pessoas, a discussão de ideias e o senso de responsabilidade.

Ainda, a capacidade de gerenciar conflitos e a proatividade também são características aprimoradas por quem trabalha em conjunto. Contar com pessoas que resolvem situações antes de se tornarem problemas é uma vantagem competitiva reconhecida no mercado.

Outras habilidades como confiança, respeito e empatia entre os colaboradores também são desenvolvidas em grupo.

Uma dica para gestores é aproveitar as atividades em equipe para analisar a postura dos colaboradores. Em algumas ocasiões é possível identificar quem tem perfil e vontade de ser líder.

4. Cultura do feedback

feedback é uma prática que vem sendo cada vez mais utilizada no meio corporativo e deve ser incentivada para o desenvolvimento de líderes.

Reservar momentos para conversar com o colaborador e apontar comportamentos e situações — sejam positivas ou negativas — é essencial para que ele cresça na empresa.

Para que o feedback seja construtivo é importante estar focado em atitudes e não nas características da pessoa que está recebendo a devolutiva.

Elogiar os pontos positivos é importante para motivar o colaborador, assim como explicar atitudes negativas e o impacto gerado.

Na finalização do feedback é preciso ter certeza de que os pontos levantados estão alinhados, assim como as expectativas. Perguntar sobre o entendimento e documentar o que foi definido são boas alternativas para isso.

5. Gestão e tomada de decisão

Um dos benefícios de promover a liderança na empresa é o desenvolvimento do olhar estratégico e gerenciável da equipe.

Colaboradores que são incentivados à gestão fortalecem também a capacidade de definir situações. Esta é uma das principais habilidades para ser fomentada em líderes: a tomada de decisão.

Além de aprender com erros, quem tem perfil decisor assume responsabilidades sem comprometer os resultados do negócio e colabora promovendo agilidade na administração da agência.

Algumas pessoas têm dificuldade de tomar decisões por questões de personalidade ou do próprio ambiente de trabalho. Vale ressaltar que existem técnicas capazes de desenvolver essa aptidão nelas.

6. Reconhecimento do desempenho

A formação de líderes também é incentivada pelo reconhecimento. Empresas que dão destaque para seus funcionários e reconhecem o trabalho desenvolvido por eles percebem como a ação agrega nos resultados.

O reconhecimento é uma das práticas que estimula a motivação e o engajamento, além da produtividade. O colaborador reconhecido fica mais seguro para executar tarefas e propor soluções.

Acompanhar com proximidade os funcionários, fazer elogios em público e implementar programas de incentivo são algumas práticas que auxiliam para destacar o trabalho da equipe.

Recompensas também são importantes para o reconhecimento, como bonificações, aumento de salário e funções em cargos superiores.

7. Processos organizados

Para desenvolver bons líderes a empresa deve estar atenta — além das questões de recursos humanos — à gestão de processos internos.

Contar com uma equipe de alta performance e comprometida não é suficiente. É muito importante que o fluxo de atividades do negócio esteja bem estruturado.

Gestores que acompanham a movimentação do mercado sabem que é essencial implementar sistemas para organizar as atividades, armazenar histórico de clientes e conectar dados das áreas da empresa.

Além dos benefícios do dia a dia, quem utiliza sistemas completos e integrados como ferramenta para administrar pode extrair informações capazes de auxiliar nas ações estratégicas.

É válido destacar que trabalhar de forma organizada influencia o desempenho das tarefas e o desenvolvimento do colaborador.

Donos de negócios que se preocupam com o crescimento e buscam pelos bons resultados têm noção de como é importante ter uma equipe qualificada e lideranças competentes para contribuir com a administração.

A formação de líderes é um processo que requer comprometimento por parte dos gestores e dos colaboradores, e não funciona sozinho. É fundamental que toda a empresa esteja envolvida.

Se você gostou do tema deste post, assine a newsletter da iClips para receber outras dicas e conteúdos sobre gestão de negócios e liderança!

Nova call to action