01
jun

Gestão de custos: saiba como fazer para sua agência

Aprenda neste artigo como gerir os custos de sua agência, acompanhando o mercado e administrando os processos internos!

gestão de custos para agênciasQuer saber como fazer uma gestão de custos para sua agência? Então acompanhe nosso post!

Para crescer no mercado de comunicação, ter uma gestão de custos eficiente é essencial para qualquer agência. Não basta ter a pauta cheia de tarefas. É preciso monitorar as atividades financeiras para avaliar os resultados.

O acompanhamento dos custos é uma atividade importante para tomar decisões gerenciais e ter sucesso em negociações com clientes.

Neste post, você vai conhecer os conceitos, os principais itens que devem ser considerados para administrar os gastos e o passo a passo para precificar produtos e serviços. Confira!

O que é gestão de custos?

Gestão de custos é administrar de forma estratégica os gastos de uma empresa. Os gestores que estão atentos aos processos internos e, ao mesmo tempo, de olho no mercado, sabem que monitorar custos é um dos meios para direcionar ações.

Com agências isso não é diferente. Aquelas que se preocupam com acompanhamento financeiro têm uma visão mais aguçada do negócio. Quem observa apenas os recursos que estão em caixa, sem considerar gastos, corre o risco de tomar decisões equivocadas.

Quais são os objetivos dessa gestão?

Além da tomada de decisão, saber quais são os gastos é um dos caminhos para acompanhar a rentabilidade e o desempenho financeiro da empresa, assim como contribui para o planejamento e controle das operações.

A análise dos custos também é essencial para compor o preço dos produtos. É preciso saber quais são os gastos envolvidos para a empresa entregar ao cliente a solução que ele deseja e considerá-los na formação do preço.  

Outra questão importante é que agências que fazem análises financeiras corretamente agregam valor à gestão e geram vantagem competitiva a seu favor.

Para administrar os custos, a primeira tarefa é mapear todos os gastos da empresa e separá-los conforme seus objetivos, para, a partir daí, seguir para a análise.

O que considerar para gerir os custos de uma agência?

Comece fazendo o levantamento de todos os gastos da empresa. Contratações, equipamentos, conta de luz e qualquer outro custo deve ser registrado. Uma das dicas é separar cada item entre custos diretos, indiretos, fixos e variáveis.

Diretos

São os custos atribuídos diretamente ao produto ou serviço prestado. Um exemplo seria a contratação de um profissional freelancer para entregar posts de redes sociais. O custo desse profissional deve ser considerado para compor o preço do serviço.

Indiretos

São aqueles que não são relacionados com a entrega da empresa, como conta de luz e água.

Fixos

São custos independentes do fluxo de demandas e da produção da empresa e desembolsados periodicamente, como o aluguel de salas da agência.

Variáveis

Ligados à produtividade, são os itens que variam conforme a demanda de trabalho. Como exemplo, o valor mensal de comissões é um custo que varia conforme os negócios firmados.

Ainda é preciso identificar de qual classificação e categoria os custos fazem parte, assim como o valor e o mês de referência. Por exemplo, salários fazem parte da classe “despesas administrativas” e da categoria “salários e benefícios”.

Organizar os custos em grupos permite que gestores tenham noção do quanto está sendo investido em cada categoria e identifiquem oportunidades de ajustes e calibrações em cada uma delas.

O acompanhamento dos gastos da empresa interfere tanto na administração de forma geral, assim como pontualmente e na definição dos preços que serão praticados.

Nova call to action

Como fazer uma precificação correta?

Para precificar com assertividade, verificar os custos é um dos requisitos mais importantes. Acompanhe o passo a passo a seguir e saiba quais são as etapas para construir a precificação ideal.  

  1. Liste todos os produtos oferecidos pela agência e faça o levantamento dos custos de cada um deles. Veja quais são os valores que compõem o custo que a empresa tem para entregar o serviço comercializado. É importante que o preço do produto cubra os gastos identificados.
  2. Defina a margem de lucro para cada um dos serviços. Além de cobrir gastos, é preciso definir o lucro que se espera com cada produto e serviço do portfólio.
  3. Observe o mercado. Verificar quais preços estão sendo praticados pelos seus concorrentes é importante para balizar a formação da sua precificação.
  4. Foque no equilíbrio. Não se esqueça de que preços muito baixos podem não dar conta para atingir os lucros esperados, assim como preços muito elevados podem exigir maior esforço para conquistar clientes — e até investimentos maiores.
  5. Considere o valor percebido pelo cliente. Aqui, questões como reconhecimento da empresa e qualidade diferenciada dos produtos no mercado, por mais que não sejam tangíveis, são critérios que influenciam na decisão.
  6. Use fórmulas de precificação. Algumas equações são praticadas na contabilidade para traçar indicadores que facilitam a composição do preço, como o percentual do Custo Fixo. Pesquise fórmulas de acordo com a análise que você quer fazer.

Como otimizar a gestão de custos?

Como as questões financeiras impactam em todos os pilares da agência, a escolha de ferramentas e profissionais capacitados para auxiliar nesse processo deve ser criteriosa e eficiente.

Existem ferramentas que facilitam o acompanhamento financeiro. Como são muitas as variáveis que precisam ser observadas e que influenciam nas decisões mais estratégicas, contar com a tecnologia é fundamental.

Qual é a melhor solução?

O software da iClips é uma solução completa para as agências de comunicação. Por meio dele, o gestor tem visibilidade não só dos custos, como de toda a movimentação financeira da agência.

A plataforma ainda agrega, com automação, além do financeiro, a comunicação e o acompanhamento das tarefas que estão em pauta na agência. Centralizar num único ambiente as principais questões facilita o alcance de melhores resultados.

Além disso, os softwares voltados para gerenciamento auxiliam não só no monitoramento das informações, mas também na solução de problemas internos da equipe, como fluxo das atividades. De forma organizada, os processos ganham rapidez e agilidade.

Agora que você sabe a importância de gerenciar custos de forma correta na sua agência, o que acha de contar com o software da iClips para ajudar nesse processo?

Entre em contato com a nossa equipe e faça a gestão de custos da sua agência pela plataforma!

Nova call to action