05
mar

Inteligência artificial na publicidade: como aplicar na sua agência

Descubra como aplicar a Inteligência Artificial na sua agência!

Como utilizar a inteligência artifical na sua agência?

Não sabe como utilizar esse conceito na sua agência? Aprenda conosco!

Quando falamos em inteligência artificial (IA), você também imagina aquelas cenas futurísticas de robôs dominando a sociedade e de uma luta entre humanos e máquinas, bem típica de filmes, como “O Exterminador do Futuro”?

Pois saiba que, atualmente, a inteligência artificial já faz parte do dia a dia de muitas empresas e, ao contrário de uma rebelião das máquinas, essa tecnologia tem sido responsável por trazer resultados impressionantes e muito mais produtividade.

Claro que, no setor da publicidade e da comunicação, muitas agências também têm apostado nessa tecnologia para se diferenciarem. Ficou curioso? Então continue a leitura!

 

O que é inteligência artificial?

Como o próprio nome sugere, a inteligência artificial é um ramo das ciências da computação que se dedica a criar sistemas capazes de simular a capacidade humana da cognição, incluindo algumas ações, como raciocinar, perceber, entender e tomar decisões.

Enquanto o nosso computador tradicional apenas consegue analisar uma quantidade X de dados e tomar uma só decisão, o conceito consegue ir mais além, sugerindo novas possibilidades e até indicando as chances de essas possibilidades darem ou não certo.

E não é só. Os sistemas que usam a IA são capazes de tomar ações diferenciadas, tais quais um humano tomaria, como conversar com seus consumidores, analisar uma quantidade enorme de dados e cruzar informações de outros bancos de dados — e até de aprender com essas informações.

 Nova chamada à ação

Como a inteligência artificial vem sendo usada na publicidade?

A indústria da comunicação é uma das que mais têm se aproveitado dos sistemas de IA e, com certeza, você já acabou usando alguma dessas soluções sem sequer se dar conta.

Os chatbots, por exemplo, estão cada vez mais presentes em sites e até em aplicativos, simulando uma pessoa real e oferecendo suporte técnico, resolução de dúvidas e auxílios diversos nos sistemas de SAC.

Veja outras aplicações bem interessantes.

 

RankBrain

É uma ferramenta criada pelo Google e que usa IA para entender o que os usuários estão tentando encontrar nas suas buscas. Além disso, essa ferramenta ainda consegue traduzir conteúdos com os quais o Google nunca tenha tido contato anteriormente, produzindo buscas com resultados próximos e que estejam mais de acordo com os desejos dos usuários.

 

Banners com imagens variáveis

Um banner padrão e fixo na rede já não é mais algo tão interessante dentro das inúmeras estratégias de marketing digital. Por isso, a IA vem sendo usada, buscando entender quais são os desejos de quem visita o site em questão e alterando a imagem para atender àqueles desejos.

Assim, quem está pesquisando por comidas para pet, por exemplo, poderá ver um banner com a imagem de um cachorro, enquanto um estudante poderá ver um banner com uma promoção de cadernos.

 

Fotos para deficientes visuais

O Facebook também tem usado bastante esse campo para tornar a sua rede social ainda mais participativa. Um desses exemplos é o programa que auxilia os deficientes visuais no contato com as imagens e com os conteúdos dos seus amigos.

Assim, o programa identifica os conteúdos das imagens, as pessoas ali presentes e as suas emoções e “traduz” tudo isso para os deficientes visuais, fazendo com que eles consigam se relacionar melhor com a plataforma.

 

Análises do consumidor

Que tal unir marketing on-line e off-line e ter uma perspectiva ainda mais diferenciada dos consumidores? Isso também tem sido feito com a IA, por meio de programas que analisam os bancos de dados dos seus consumidores, que contêm informações dos seus comportamentos on-line e off-line.

Por meio desses dados, os programas de IA conseguem identificar quando os consumidores estão mais ou menos propensos ao consumo e até as datas em que passarão por situações especiais. A Target, uma rede de varejo americana, tem usado esse sistema para enviar correspondências com produtos de bebê para garotas que acabaram de descobrir uma gravidez.

Passo a Passo de como potencializar a Produtividade da sua agência

tudo bem?, tudo bem? A iClips e a Rock Content reuniram neste guia, práticas para potencializar a produtividade da sua agência ! É perfeito para você! Para fazer o download, preencha os campos a seguir:


Como aumentar a produtividade da sua agência?

 

Por que usar a IA na publicidade?

Como você viu, os exemplos dos usos da IA na publicidade e no marketing são vários. Mas por que tantas empresas têm apostado nessa tecnologia? Os motivos são inúmeros, como:

  • tomadas de decisão mais acertadas, graças a uma análise muito mais profunda e complexa de dados;
  • aumento da eficácia da mídia programática, do SEO e do target advertising;
  • relação da marca com seus consumidores mais personalizada e individualizada;
  • experiência de compra diferenciada, satisfazendo os desejos dos consumidores;
  • possibilidade de desenvolvimento de materiais e campanhas que sejam mais adequados e que causem mais impacto no público-alvo, graças à alta análise de dados;
  • redução de custo, pois não haverá mais investimento em áreas que não trazem retorno;
  • resultados mais expressivos para os clientes e trabalhos mais otimizados por parte das agências.

Como aplicar a IA na minha agência?

Já deu para notar que esse é um caminho sem volta, não é mesmo? Afinal, a maior parte das previsões mostra que a tendência é, cada vez mais, o setor de comunicação se utilizar das novas tecnologias, sobretudo, com o avanço de setores, como o marketing digital.

Por isso, o primeiro passo é perder o medo de investir em novas tecnologias, entendendo a IA como uma “parceira de negócios”, e não como uma invenção que surgiu para “tirar o seu trabalho” ou “substituir o homem”. Dessa forma, o conhecimento sobre os novos lançamentos é fundamental.

O mercado já está sinalizando as necessidades de mudanças, com marcas que exigem e apostam, cada vez mais, em campanhas atraentes, que consigam, ao mesmo tempo, despertar a atenção do público e criar conexões verdadeiras com as pessoas que o compõem.

Assim, agências que investem em tecnologias do tipo podem entender melhor os dados e os comportamentos de compra dessas pessoas (tanto on-line, como off-line) e desenvolver campanhas mais adequadas e assertivas.

Alguns passos que você deve tomar para começar a investir em tecnologia de IA são:

  • entender o seu mercado e os seus clientes, pensando no que eles desejam alcançar e nos tipos de serviço que você oferece;
  • analisar as possibilidades que já existem no mercado e como essas tecnologias têm trazido retorno às empresas;
  • avaliar quais tipos de informações e de tecnologias são prioritárias nas suas estratégias, compreendendo de que forma a IA pode impactar no seu modo de atuar;
  • começar do básico, desenvolvendo uma tecnologia capaz de captar e de armazenar dados e, somente após isso, investir em sistemas capazes de lerem e aprenderem com essas informações;
  • educar a sua clientela, mostrando aos seus clientes o quanto esse investimento é importante e quais resultados eles podem trazer, abrindo, assim, mercado para serviços mais personalizados.

Conhecer as tecnologias disponíveis e entender suas funcionalidades é primordial para que a sua agência largue na frente e comece a aproveitar os seus benefícios.

Você gostou deste conteúdo? Aproveite e assine a nossa newsletter para receber outras dicas interessantes como essas direto no seu e-mail!