08
nov

Aprenda a usar mídias digitais e mídias tradicionais em suas campanhas

Leia o artigo e veja como ter sucesso em cada um dos tipos de mídia disponíveis no mercado!

mídia online x mídia tradicional

Enquanto ter um bom budget de marketing para uma campanha é importante para qualquer agência, é igualmente essencial gastá-lo de maneira certa e tirar o melhor proveito dele. Mas como saber onde investir quando o assunto é mídia online x mídia tradicional?

Para muitas agências, encontrar esse decisão acertada não é fácil, mesmo que ela faça uma diferença enorme nos resultados para o cliente. Ao ganhar clareza no aspecto mídia online x mídia tradicional, sua agência pode ter uma ideia melhor sobre quais métodos de marketing são os mais apropriados e como eles devem ser usados.

Tocar uma agência de sucesso, como você bem deve saber, não é só sobre escolher o mercado mais apropriado para cada cliente. É também sobre levantar os tipos certos de técnicas de marketing para dirigir-se à audiência certa e convertê-los em leads e em consumidores.

Como uma agência, você sabe que precisa estar à frente da competição. O que significa que você tem que pensar além e entender como usar cada tipo de mídia, seja mídia offline ou mídia online para aumentar seu alcance com qualidade.

Neste artigo, vamos explicar para você as características das mídias tradicionais e das mídias digitais, entrar em detalhes de cada tipo de mídia e como ter sucesso em cada uma. Vamos lá?

Kit de produtividade Este material completo vai alavancar os resultados da sua agência!

Baixando nosso material você terá acesso a planilhas, vídeos, guias e ebooks para aumentar a produtividade da sua agência

Mídia online x mídia tradicional: o que é mídia tradicional?

Mídias tradicionais não são difíceis de explicar, uma vez que cada um de nós temos contato com ela todos os dias. São veículos convencionais de comunicação de mão única, onde o público-alvo é exposto às mensagens dos anunciantes de maneira direta.

O marketing em mídias tradicionais ajuda a alcançar uma audiência bem ampla, mas sem muita segmentação. Geralmente são mídias bem mais caras de se trabalhar, exigindo um orçamento mais generoso para funcionar. As mídias mais comuns nesse segmento podem ser divididas em cinco categorias:

  1. Impresso (revistas, jornais etc);
  2. Transmissão (televisão, rádio etc);
  3. Mala direta (catálogos, cartões postais etc);
  4. Telefone (telemarketing, marketing por SMS etc);
  5. Out of home (outdoor, flyers, empenas, busdoor etc).

As mídias tradicionais evoluíram bastante desde que foram criadas, mas os aspectos fundamentais permanecem os mesmos. São meios de divulgação em massa, onde a mesma mensagem chega a milhares (e até milhões) de pessoas de maneira unilateral, sem muito espaço para interação.

Mídia online x mídia tradicional: e o que são mídias digitais?

Mídias online referem-se a todo meio de comunicação relacionado à internet ou a qualquer dispositivo eletrônico, como computadores, tablets e smartphones. Qualquer negócio pode usar o marketing nas mídias online para atingir seu público-alvo de maneira mais assertiva, conectar com prospects e convertê-los em clientes.

Os principais meios online são os seguintes:

  1. Otimização para motores de busca (SEO);
  2. Publicidade pay-per-click;
  3. Marketing de conteúdo;
  4. Mídias sociais;
  5. Email marketing.

A principal razão por trás da importância do marketing digital hoje é porque a internet já é um dos meios de comunicação mais utilizados pelo público. Mais e mais pessoas estão online para realizarem suas atividades cotidianas, o que inclui encontrar negócios parceiros e realizar compras.

Se você olhar para a última década, vai ver que as mídias online cresceram exponencialmente. Então, quando o assunto é mídia online x mídia tradicional, fica claro que é preciso encontrar um equilíbrio no uso dos dois tipos.

Ao passo que a tecnologia avança e novas formas de comunicar vão aparecendo, as possibilidades de marketing vão aumentando. A ideia fundamental é correr atrás e expor a marca dos clientes para seu público consumidor.

Como ter sucesso em cada mídia, seja ela tradicional ou digital?

Com tantas opções por aí, qual é a melhor “mistura” para a próxima campanha de um cliente? O melhor tipo de mídia para seus objetivos de marketing vai depender, como vimos, de seu público-alvo, seu orçamento e quais produtos ou serviços você está promovendo. Vamos abaixo ver cada uma dessas opções e como ter sucesso em cada uma.

Mídia tradicional

Televisão

Essa pode ser uma opção bem cara para horários nobres, mas pode atingir uma audiência bastante grande, particularmente se sua campanha incluir inserções dentro da rede da emissora.

Se o seu orçamento for mais enxuto, vale a pena procurar por oportunidades em canais especializados, como aqueles focados em esportes, culinária, atividades ao ar livre, séries ou filmes. Essas opções têm um número de espectadores menor, mas permitem atingir um nicho de mercado mais qualificado para seu cliente.

Além disso, patrocinar programas populares de TV pode ser uma estratégia efetiva em combinação com uma campanha de anúncios. Se a marca do cliente tiver uma “personalidade” que tenha fit com o programa, ela pode inclusive ganhar mais reputação entre o público.

A publicidade na televisão também requer um orçamento de produção além do custo das inserções, que podem incluir:

  • gastos com criativos;
  • gastos com estúdios de audiovisual;
  • despesas com atores.

Rádio

O rádio é portátil. Você pode alcançar pessoas enquanto elas dirigem, trabalham ou caminham com o cachorro. Mantenha sua mensagem curta e clara para que a audiência saiba qual é a oferta e como entrar em contato.

Os custos de produção são relativamente baixos, mas como toda publicidade, uma boa ideia criativa sempre te dará mais abertura para memorização. Então, mesmo que o custo do rádio seja baixo, as campanhas precisam ser boas em veicular a mensagem e construir uma boa imagem para a marca do cliente.

Seus pedidos de inserção devem incluir uma série de estações de rádio no horário nobre e também em alguns momentos com menos ouvintes.

Impressos (revistas e jornais)

Para anúncios impressos, o público leitor é seu melhor guia. Muitas publicações anunciam seus números de circulação, mas se eles forem um tablóide local gratuito, esse valor pode não ser equivalente a quantidade de leitores. O número dos leitores pesquisados pode ser um pouco menor do que a realidade.

A mídia impressa pode te dar uma exposição menor, mas você pode alcançar uma audiência mais engajada, especialmente se eles estão sentados tranquilos lendo enquanto tomam uma xícara de café.

Jornais e revistas também são geralmente vistos como fontes credíveis e confiáveis e podem existir publicações que performem bem em sua indústria que são mais adequados para os produtos e a marca do seu cliente.

Outdoors

Anúncios em outdoors fornecem um acesso amplo a consumidores em uma área geográfica específica. O local do anúncio pode ser bastante poderoso e sua performance vai depender da sua criatividade.

Deixe tudo simples e, se possível, divertido e inteligente. Os custos para anúncios em outdoors incluem a locação, o trabalho criativo e a produção gráfica.

Flyers e panfletos

Essa pode ser uma ótima forma de colocar a marca do seu cliente nas mãos do seu público consumidor. Assim como qualquer atividade de marketing, a chave é ter certeza que sua mensagem seja convincente e faça o leitor tomar uma decisão antes de jogar o papel no lixo reciclável. 

Você não precisa oferecer grandes descontos mas vale a pena incluir uma oferta por tempo limitado para aumentar as visitas ao site ou loja do cliente. Um cupom físico que pode ser coletado de consumidores pode ser uma boa ideia para melhorar o ROI.

Mídias online

Um orçamento pequeno não é uma barreira intransponível quando se trata de fazer o marketing do seu cliente. As mídias digitais deram para qualquer tipo de negócio mais ferramentas para alcançar audiências com um orçamento bem mais baixo.

Vamos ver quais são os principais canais online para aquisição de clientes e para divulgação da marca dos clientes da sua agência

Sites de hospedagem de vídeos

A televisão não é a única maneira de disseminar anúncios em vídeo. Agora, ele pode ser compartilhado no Youtube, Vimeo ou qualquer outro site de hospedagem de vídeos. Mesmo se você criar um anúncio direcionado à TV, é importante postá-lo aqui também.

Se sua mensagem causar engajamento, você consegue ter o poder do compartilhamento online e do marketing viral em mãos. Plataformas como o Youtube funcionam com base nos conteúdos gerados espontaneamente por usuários e não existe um intermediário.

Ou seja, você tem seu próprio canal e paga diretamente à plataforma por qualquer promoção da sua campanha. Se você está usando conteúdos criados por outra pessoa, tenha certeza que você tem os direitos de reprodução ou que o conteúdo tenha uma licença Creative Commons.

O vídeo é muito poderoso tanto na TV quanto online. Por meio dele, você pode “mostrar” ou invés de apenas “contar” e capturar imaginações.

Website e Search Engine Optimisation (SEO)

Todo negócio precisa de um site, mas ele não precisa ser um folheto estático. Estratégias de otimização para motores de busca (SEO em inglês) são usadas para melhorar o ranqueamento do site ou blog do cliente nos mecanimos de busca, como Google, Bing e Yahoo! de maneira sustentável para atrair mais visitantes para a página.

O SEO envolve uma variedade de técnicas, incluindo a pesquisa e uso de palavras-chave, links, metadados e tornar o site atrativo, fácil de navegar e rico em conteúdos com valor real para as pessoas.

Email marketing

O email pode dar um dos maiores retornos sobre o investimento de todas as atividades de marketing digital. Isso acontece pois o email é entregue diretamente ao consumidor – mesmo que você precise de um bom banco de dados de contatos.

Sua lista de contatos pode ser produzida a partir da iniciativa do próprio usuário (assinatura de newsletter, por exemplo) ou por meio de ofertas de conteúdo, como guias ou e-books. O custo de enviar emails é baixo, mas tenha certeza que seu conteúdo é útil e expressivo para os destinatários. Em outras palavras, seu texto deve servir tanto aos objetivos do negócio quanto às necessidades dos clientes.

Mídias sociais

O público dos seus clientes estão por aí e você deve estar também. Canais de redes sociais te ajuda a encontrar audiências novas e diferentes. A partir de sites como Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram você pode construir relações duradouras com fãs e seguidores da marca do seu cliente.

O truque é mostrar muita personalidade aqui. Seja a voz informal do cliente ao postar comentários, imagens, opiniões e vídeos.

Ao contrário de um website, a comunicação nas redes é de mão dupla. Assegure-se de responder aos comentários e solicite engajamento em coisas como pesquisas de opinião e competições. 

Como encontrar equilíbrio na questão mídia online x mídia tradicional?

A pergunta de um milhão de reais é essa: como encontrar equilíbrio entre mídia online x mídia tradicional? Para início de conversa, mesmo que a publicidade tradicional seja importante para atingir o público em massa, as mídias digitais possibilitam maior segmentação, geram dados mais confiáveis e têm cada vez mais um público maior.

Como vimos no texto, mídias tradicionais tendem a ser mais caras que as novas mídias, mas atingem mais pessoas. Se o objetivo principal da campanha é gerar visibilidade rápida e massiva, então invista nas tradicionais. Mas se o objetivo é uma audiência menor e mais qualificada, as mídias online são o caminho a seguir.

O que acontece é que as novas mídias estão mudando o cenário midiático. Elas permitem que negócios direcionem anúncios específicos baseados em idade, gênero, estado civil, necessidades, profissão, gostos pessoais etc. Elas também permitem que empresas rastreiem o que consumidores estão fazendo online e como eles param em seu site. Todas essas razões tornam a mídia online imperativa para qualquer campanha.

No fim das contas, a chave para uma campanha de sucesso para seus clientes é ter uma mistura bem balanceada de mídias que, em última instância, atinja o consumidor do negócio do cliente da sua agência. É muito importante não gastar dinheiro em mídias que não serão eficazes.

Tome um tempo para analisar o planejamento de marketing e as personas do seu cliente e pergunte-se quais tipos de mídia podem ser usadas para alcançar esses consumidores.

Agora que você está por dentro do debate mídia online x mídia tradicional, que tal acertar o job de primeira com um briefing bem elaborado? Faça agora o download do nosso modelo de briefing gratuito!

Nova chamada à ação