05
jun

Mídias alternativas: invista e garanta sucesso em sua campanha

Seja criativo na hora de elaborar as campanhas para seus clientes e leve em consideração as mídias alternativas para chegar em soluções inovadoras!

mídias alternativas para sucesso de campanhasAs mídias alternativas podem ser a chave para criar projetos originais para as marcas de seus clientes!

A necessidade das marcas de se aproximarem das pessoas impulsiona o surgimento de novos pontos de contato entre elas, como as mídias alternativas.

Para acompanhar as tendências do mercado, as agências precisam investir em novos formatos de mídia e de ações de marketing para planejarem campanhas eficientes.

Proporcionar experiências ao consumidor com meios de comunicação que fogem dos padrões tradicionais é uma estratégia que agrega vantagens e bons resultados. Quer saber quais são as principais mídias alternativas e a melhor maneira de usá-las? Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que são mídias alternativas?

São mídias que não se encaixam nos formatos tradicionais — como TV, rádio, jornal, internet e externa — e que são exibidas para o consumidor em diferentes lugares e situações.

As mídias alternativas impactam menos pessoas que as convencionais, porém, são direcionadas a um público específico e tem como foco a veiculação em um local diferenciado.

Além disso, são formatos que dão espaço para pensar “fora da caixa”: usar a criatividade e aproveitar para interagir com o cliente são oportunidades que diferenciam a estratégia das habituais.

Vale lembrar que diferenciar não é a única vantagem dos meios de comunicação alternativos. Nos próximos tópicos, serão apresentadas as demais vantagens e benefícios. Antes disso, vamos conhecer as principais mídias alternativas utilizadas.

Quais são as principais mídias alternativas?

Conforme o volume de anúncios nos meios tradicionais aumentam e novas tecnologias surgem, mais formatos diferenciados de mídia aparecem e, com eles, experiências da marca com os consumidores nas mais diferentes situações.

Veja, na lista abaixo, as mídias não-tradicionais consideradas as principais e mais utilizadas por anunciantes:

  • mobiliário urbano;
  • veículos;
  • escadas rolantes de shoppings;
  • ônibus e metrô;
  • telefones públicos;
  • telas em ambiente externo;
  • elevadores;
  • embalagens;
  • espaços em aviões;
  • mobiliário de banheiros;
  • intervenções em prédios e ruas.

Modelo de Briefing: Tudo o que um bom briefing precisa ter!

Baixe nosso modelo de briefing e aumente a probabilidade do cliente aprovar o job de primeira.

Quais são as principais vantagens?

Apostar em meios que não são convencionais traz para a marca, além de diferenciação, visibilidade, custo-benefício, inovação, localidade e repercussão.

A seguir, estão as principais vantagens das mídias alternativas. É importante que a equipe da agência conheça os benefícios e que insira na estratégia das campanhas, de forma correta, para ter sucesso.

Diferenciação

Considerada uma das principais vantagens das mídias alternativas, a diferenciação proporciona, naturalmente, destaque para a marca.

Formatos diferentes, locais de exibição inusitados e as mais criativas interações, são características que reforçam a diferenciação das veiculações em meios não habituais.

Visibilidade

Em lugares como o ponto de ônibus ou dentro do avião, a chance que uma marca tem de ser percebida pelo público é bastante considerável e, se exposta de forma coerente, a ação gera impactos positivos.

Por serem exibidos em lugares estratégicos e, muitas vezes, exclusivos, os meios alternativos garantem boa visibilidade e facilitam a percepção da marca pelo consumidor.

Custo-benefício

Comparado com as tradicionais, o investimento para contratar as mídias alternativas é mais baixo. Além disso, é exibida para um público menor, porém, mais específico.

Por esse motivo, dependendo do objetivo da campanha, o custo-benefício dos meios alternativos se torna mais interessante.

Inovação

Empresas que investem em inovação sabem que essa é uma vantagem competitiva percebida no mercado. Um dos caminhos para inovar em campanhas de comunicação é usar os formatos diferenciados das mídias alternativas, criar formas de veicular anúncios e interagir com os consumidores.

Localidade

Uma das propostas dos meios de veiculação alternativos é exibir publicidade em lugares específicos, para atingir um grupo de pessoas que frequentam aquele local, em uma situação pontual.

Como exemplos, a divulgação exibida no espelho do banheiro, na porta do aeroporto, na escada rolante, são pensadas para interagir com o consumidor em cada um dos ambientes.

Fazer parte do contexto local é essencial para bons resultados de uma ação de mídia alternativa.

Repercussão espontânea

Se a mídia for criativa e capaz de interagir com as pessoas, tem grandes possibilidades de repercutir de maneira espontânea, ser compartilhada nas redes sociais e fortalecer ainda mais a marca.

Já no mercado de comunicação, uma mídia alternativa que ganha repercussão, pode ser reconhecida e se tornar referência para outras agências e anunciantes.

Qual a melhor maneira de usar mídias alternativas?

As agências precisam avaliar o posicionamento do cliente para usar as mídias alternativas na estratégia das campanhas. Logo, ter a coerência para isso é fundamental. Veja os critérios para escolher a melhor maneira de usar formatos diferenciados.

Combine o conceito da marca com a ação

O propósito da marca deve fazer sentido para que ela seja veiculada em meios não convencionais. Marcas sóbrias, que precisam manter neutralidade e seriedade, devem ter cuidado com formatos mais descontraídos, por exemplo.

Atente para o local de exibição

O local escolhido para exibir a mídia também é importante. Não faz sentido para uma marca de relógios de alto custo adesivar as alças de apoio dentro de um ônibus. Por mais que a ideia seja boa, não é o local ideal para a marca.

Escolha uma interação coerente

Outra forma de usar os formatos alternativos de forma correta, é avaliar qual a interação com o cliente será feita. Ela deve fazer sentido tanto para a marca quanto para o consumidor.

Misture os tipos de mídia

Mídias contratadas de forma isolada, sem considerar o contexto no qual serão inseridas, podem resultar em investimentos desperdiçados, com baixos retornos.

Tanto para mídias tradicionais ou alternativas, offline ou online, impressas ou digitais, mesclar os meios garante à marca mais oportunidade de contato com o público.

Monitore os processos

Além disso, acompanhar o desempenho de cada meio, datas de veiculação, peças publicitárias, pagamentos e todos os processos que envolvem a aprovação de uma campanha, é fundamental para ter bons resultados.

As agências mais preocupadas com gestão utilizam plataformas que automatizam atividades, unificam informações e facilitam o monitoramento das campanhas.

Agora, que você conhece as mídias não tradicionais, as vantagens oferecidas por elas e os cuidados necessários para a contratação, não esqueça que gerenciá-las também é uma tarefa essencial.

Que tal acompanhar mais conteúdos sobre mídias alternativas e sobre outros assuntos interessantes para agências? Assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail informações relevantes para quem atua no mercado de comunicação.

Brainstorming