22
nov

Como lidar com objeções no pós-venda e manter o bom relacionamento?

Objeções no pós-venda: confira o nosso post especial sobre o tema e veja estratégias para manter um bom relacionamento com o cliente!

como lidar com a objeção no pós venda

Manter um bom relacionamento com o cliente após o fechamento do contrato na agência é essencial para garantir a satisfação dele. Nesse contexto, lidar com a objeção no pós-venda também é fundamental para que o consumidor tenha suas necessidades atendidas e colha bons frutos do investimento que realizou.

O pós-venda é um momento bastante delicado, pois o sujeito está envolvido de expectativa e também com medo de ter maus resultados com os custos que teve para adquirir seu produto ou serviço.

Preparamos este conteúdo especial com informações sobre como lidar com a objeção no pós-venda na sua agência de comunicação. Ficou interessado? Continue acompanhando e entenda mais sobre o assunto!

Por que a agência deve manter um bom relacionamento com os clientes mesmo após a contratação dos serviços?

Mesmo com a venda já fechada, é importante continuar vendendo o serviço ao cliente. As possíveis objeções podem ser fatores de desistência, estimulando que o consumidor procure concorrentes para as próximas escolhas. Barreiras para usufruir do serviço oferecido podem gerar grande descontentamento, provocando atritos e arrependimento pela contratação.

cliente que tem sucesso com seu serviço é fidelizado, compra mais e aumenta o ticket médio. Além disso, uma ótima forma de divulgação são as recomendações dos consumidores satisfeitos.

É importante notar que uma dinâmica importante na interação com o cliente é que o certo não é empurrar a venda, mas sim atrair a compra. A proposta é colaborativa, é preciso realmente ajudar o cliente a resolver um problema.

Como lidar com a objeção no pós-venda de clientes?

Há uma série de estratégias que podem ser utilizadas para lidar com as objeções do cliente no pós-venda. Veja quais são elas a seguir!

Escute o que seu cliente tem a dizer

Quando o cliente procura você com uma objeção, ele está enfrentando um problema, está incomodado e com risco de se arrepender da decisão de compra. Ele pode estar pressionado por seus superiores ou mesmo pelo medo de enfrentar resultados negativos com a escolha que fez. Isso faz com que ele precise falar.

Todas essas questões represadas geram angústia, estresse e agitação e cabe a você oferecer uma boa escuta da questão. Mais do que apresentar suas dúvidas e dificuldades, o cliente vai desabafar, com medo de realmente se arrepender do investimento. Comece deixando-o à vontade para se comunicar, isso vai ser importante para que ele alivie um pouco da tensão.

Faça perguntas

Fazer perguntas é importante para entender qual é a real dificuldade do cliente. Essa atitude ajuda a detectar os verdadeiros motivos do aparecimento da objeção no pós-venda. Pode ser uma dúvida, expectativa não correspondida, falta de tempo para usufruir do serviço ou questões muito simples que podem ser facilmente solucionadas.

Às vezes, o entrave pode estar associado a alguma questão mais complexa. Em todos os casos, é fundamental oferecer a atenção e o amparo necessários ao cliente. Um bom atendimento no pós-venda é essencial para que o consumidor tenha satisfação com os serviços da agência.

Seja objetivo

É preciso fazer uma boa escolha do que falar. Excessos de informações são desnecessários. Além disso, conforme já comentamos, o cliente é que pode precisar de mais tempo para falar. Muita informação já foi disponibilizada no processo de venda. Assim, para lidar com as objeções, é preciso ter foco. Dar voltas e se desviar do ponto central não vai resolver o problema do cliente — pode até deixá-lo mais frustrado.

Utilizar a objetividade para solucionar o obstáculo é a melhor estratégia para desenvolver uma boa alternativa. Nesse contexto, é fundamental mostrar as possibilidades para que a dificuldade seja resolvida e o cliente perceba que realizou um bom negócio.

Faça alinhamentos constantemente

Desencontros na comunicação podem acontecer. Por isso é tão importante fazer o alinhamento, para garantir que houve compreensão das informações. Verifique se você acompanhou bem o raciocínio do cliente quando ele expressou a objeção no pós-venda. Para isso, fale como você entendeu a demanda, desenvolvendo o conteúdo com as suas próprias palavras.

Além disso, quando realizar alguma explicação, observe como o consumidor se comporta. Perceba se ele está inseguro ou hesitante e questione se houve clareza no que foi dito. Se necessário, repita as informações quantas vezes o cliente precisar.

Caso haja muitos entraves para o entendimento, modifique a forma de explicação, utilize exemplos ou procure outra estratégia para tornar o processo mais simples. Tome essas atitudes com muita paciência e calma. O cliente precisa de um bom acolhimento.

Tenha empatia

Aprender a se colocar no lugar do outro é um exercício importante para lidar com as objeções em vendas. Compreender o cliente quando ele apresenta o obstáculo com o serviço da agência é essencial, principalmente porque a pessoa nem sempre te procura em um tom gentil. Ela pode estar  frustrada, arrependida da decisão e utilizando palavras grosseiras, agindo de forma nervosa e descontando toda a pressão que está sofrendo em você.

Pense que, se você tivesse a mesma história e estivesse na situação dele, talvez também agisse com irritação e intolerância. As pessoas fazem o que dão conta e cabe ao profissional saber manejar isso. Escutar, acolher e criar pontes entre as queixas e soluções é essencial para que o cliente fique satisfeito no final.

Ofereça as melhores soluções

A venda já foi fechada. Mas, ao longo deste post, você pôde perceber o quanto é importante oferecer o que há de melhor para todo cliente. Quando o consumidor apresenta um obstáculo e está extremamente insatisfeito com os serviços, essa dica também é valiosa.

Oferecer as melhores soluções e excelência em atendimento é essencial para mostrar que há uma boa saída para o problema e que a pessoa pode confiar, que você vai providenciar essa alternativa para ela.

Documente os fatos

Registrar a descrição do problema e as soluções encontradas em um e-mail é importante para a segurança da agência e para resguardar você enquanto profissional.

Descreva detalhadamente as objeções e a alternativa desenvolvida para resolução da dificuldade. Em seguida, envie essa documentação por correio eletrônico para o cliente e para os setores de vendas e atendimento.

O que você pode fazer para que a objeção no pós-venda não apareça?

Quando se trata de objeção pós-venda, a melhor estratégia é tentar evitar que elas aconteçam. Para isso, é preciso garantir que a agência tenha um serviço de alta performance. A tecnologia pode ser uma ferramenta importante nesse processo.

Um software de gestão para agências como o iClips é uma excelente ferramenta para potencializar os processos, otimizar as atividades, maximizar a capacidade de atendimento e elevar a qualidade dos serviços.

Lidar bem com a objeção no pós-venda é essencial para garantir a fidelização de clientes e para que a agência tenha uma boa imagem no mercado. Para isso, diante desses obstáculos, é essencial fornecer o melhor atendimento, baseado em empatia e paciência.

A objetividade e a disponibilidade para fornecer o que há de melhor em serviços também são essenciais nesse processo. Tudo isso pode ser facilitado com o apoio de uma boa tecnologia. O software para gestão de agências de comunicação iClips é uma excelente alternativa para maximizar a performance de atendimento da empresa.

E então, gostou de saber como lidar com objeção no pós-venda? Aproveite e entre em contato com a nossa empresa. Teremos prazer em ajudar!

Fale com um consultor