21
nov

Pesquisa da Rock Content revela dados importantes sobre as agências digitais do Brasil

Panorama das Agências Digitais 2020 (2)

Para qualquer agência, saber como anda o mercado e no que as empresas estão investindo é essencial para um bom planejamento e posicionamento estratégico. Com o intuito de oferecer informações inéditas e atuais sobre o mercado da comunicação, a Rock Content e a Resultados Digitais lançaram a pesquisa Panorama das Agências Digitais 2020. Essa é a quinta edição do estudo.

Foram entrevistadas 1448 pessoas que trabalham em agências de marketing no país, desde CEOs até produtores e estagiários. Puderam participar qualquer profissional que se identificasse com o público-alvo da pesquisa.

O questionário foi realizado entre 1 e 25 de setembro de 2019 e gerou mais de 50 páginas de números, gráficos e dados sobre a realidade das agências digitais no Brasil.

O panorama é dividido em 5 partes. Na primeira consta um raio-x completo dos negócios das agências. Em seguida é apresentado uma análise sobre a aquisição de clientes.

Já no terceiro capítulo aparecem informações sobre a prestação de serviços digitais, dando lugar para a quarta parte do estudo que diz respeito à estratégias de retenção de clientes. Por fim, a pesquisa traz, na reta final, dados sobre a adoção de estratégias de marketing digital.

Agências digitais, serviços prestados e relacionamento com o cliente

Um ponto relevante na pesquisa é que cerca de metade dos respondentes (47,38%) são agências que atendem clientes em todo o território nacional. Isso mostra que o ambiente digital e as tecnologias de comunicação estão possibilitando cada vez mais o atendimento à distância.

Nesse sentido, contar com um sistema de gestão que funcione totalmente web e na nuvem é chave para a agência poder atender clientes de todo o país sem perder qualidade. Uma ferramenta como o iJob facilita ainda mais a comunicação com o cliente, onde quer que ele esteja, permitindo mais assertividade nas entregas. Além disso, 30,55% dos entrevistados informou que o alinhamento de expectativas foi a ação de retenção de clientes mais desenvolvida.

Com relação ao tipo de serviços prestados, ficou em primeiro lugar a gestão e monitoramento de redes sociais, com 14,04%. Aqui entra a importância de se ter um calendário editorial de publicações para montar uma estratégia de visibilidade eficiente para os clientes.

Dentre as suas funcionalidades, o iClips conta com um calendário editorial interativo e integrado às plataformas sociais, como Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, Youtube etc. Fundamental para qualquer agência que queira estar nessa parcela do mercado.

Desafios na precificação

Quando perguntados sobre os principais desafios em prestar serviços de marketing digital, a dificuldade em precificar os serviços ficou em segundo lugar (12,80%), perdendo apenas para “demonstrar valor nos resultados entregues”, com 16,05%.

Muita dessa dificuldade vem de informações perdidas, falta de organização dos processos ou uma má gestão de tempo. Ou seja, a agência não sabe muito bem quanto tempo um projeto para um cliente demora e quantos/quais profissionais serão necessários para executá-lo.

É primordial que haja integração entre o setor financeiro e as áreas operacionais da agência para que os gestores façam a ligação correta entre despesas, receitas e a capacidade produtiva da agência. O timesheet também é um aliado na precificação, pois ele rastreia o tempo gasto em cada atividade, permitindo fazer contas mais corretas levando em consideração o valor/hora de cada colaborador.

Bônus: acesse gratuitamente nossa Calculadora de Precificação e aumente a lucratividade dos seus jobs!

Calculadora de precificação online e totalmente gratuita!

Precifique melhor os seus projetos e surpreenda seus clientes!

Gestores ocupados no operacional

Outro problema encontrado pelo Panorama das Agências Digitais 2020 é a quantidade de agências que dependem dos gestores para a aquisição de clientes. Em 72,44% delas, o setor de atendimento/vendas é composto pelo próprio sócio ou dono.

Isso faz com que a parte estratégica fique debilitada pelo fato do gestor estar ocupado demais em negociações com leads. Em outra pesquisa realizada este ano pela iClips em parceria com a Resultados Digitais, intitulada Raio-X: Gestão das Agências de Marketing do Brasil, um dado aponta para a relação entre receitas e foco em estratégia.

Acesse a pesquisa Raio-X: Gestão das agências de marketing do Brasil

De acordo com este estudo, 57,5% dos líderes mais focados em gestão faturam acima de R$ 25 mil por mês, enquanto a porcentagem de líderes mais operacionais com esse faturamento é de 31,7%. Isso denota que concentrar na gestão é essencial para o crescimento de uma agência.

Para isso, a adoção de um sistema de gestão pode automatizar diversos processos recorrentes na agência, inclusive atendimento e vendas. Isso libera tempo para o gestor poder se concentrar em questões mais estratégicas, como posicionamento, branding, análise de mercado etc.

Investimento em tecnologia

O panorama realizado pela Rock Content e Resultados Digitais é extenso e recheado de informações valiosas para as agências. Mas uma coisa é certa: sem investimento em softwares de gestão, ofertar serviços de marketing digital, conseguir mostrar valor para os clientes e ser capaz de mensurar resultados fica praticamente impossível.

Um sistema integrado possibilita padronizar e automatizar processo, bem como melhora a comunicação entre os setores da agência. Se já é um desafio ofertar serviços de marketing digital, imagine fazer isso manualmente ou com sistemas que não conversam entre si?

Os resultados obtidos pela pesquisa mostram que é preciso focar no relacionamento com o cliente, na gestão e no ensino para obter sucesso no marketing digital. Um sistema de gestão integrado pode ser essa solução.

Ficou interessado em ter acesso ao Panorama das Agências Digitais 2020 completo e acompanhar todos os gráficos? Então acesse gratuitamente e compartilhe com seus colegas!

Baixe o Panorama das Agências Digitais 2010